Copa do Mundo Sustentável – Faça a sua própria bola de lixo Reviewed by Vida sustentável on . O Brasil está sediando uma copa do mundo, apesar de ser um evento desportivo ele não tem nada de ecológico e sustentável. A FIFA é uma entidade que fisa o lucro O Brasil está sediando uma copa do mundo, apesar de ser um evento desportivo ele não tem nada de ecológico e sustentável. A FIFA é uma entidade que fisa o lucro Rating: 0
Você está aqui:Home » Sustentabilidade » Copa do Mundo Sustentável – Faça a sua própria bola de lixo

Copa do Mundo Sustentável – Faça a sua própria bola de lixo

O Brasil está sediando uma copa do mundo, apesar de ser um evento desportivo ele não tem nada de ecológico e sustentável. A FIFA é uma entidade que fisa o lucro, não tem nenhum comprometimento com a sustentabilidade, salvo algumas atitudes esporádicas por parte dos países como é o caso do artigo Estádio de futebol ecologicamente correto que parece um vulcão.

 

Mas segundo a FIFA no ano de 2006,aproximadamente 270 milhões de pessoas no mundo estavam ativamente envolvidos com o futebol, incluindo jogadores, árbitros e diretores. Este valor representa cerca de 4% da população mundial, a razão da difusão do futebol é ser um esporte que necessita de poucos ou apenas um acessório. A ” Bola ” !

 

Faça a sua própria bola de lixo

 

O país com mais  jogadores que regularmente atuam (exceto crianças) é a China Continental, que possui 26,1 milhões de futebolistas. Em seguida vêm: Estados Unidos (24,4 milhões), Índia (20,5 milhões), Alemanha (16,3 milhões), Brasil (13,1 milhões) e México (8,4 milhões). Por outro lado, a entidade com menor quantidade de futebolistas regulares (excetuando-se crianças) é Montserrat, com apenas 300 jogadores, seguido das Ilhas Virgens Britânicas (658), Anguila (760) e as Ilhas Turcas e Caicos (950).

 

Você já pensou como o esporte pode mudar  a vida das pessoas, principalmente das crianças,  tirando-as das ruas, ensinando-a regras, comportamentos, disciplina, sem contar nos benefícios ao corpo e a mente. Mas o problema é que a maioria das crianças do mundo não tem sequer o que comer, quanto mais uma bola para praticar um esporte. Para todo problema existe uma solução, aqui no brasil temos a famosa bola de meia, e o vídeo abaixo mostra a solução encontrada por garotos na Africa, que usam uma camisinha (preservativo) e linha de lã reciclada para fazer suas próprias bolas.

 

 

 

Vídeo  e texto abaixo do site http://footballmadeinafrica.com/

 

  Com a Copa do Mundo na África do Sul 2010, parece natural para falar sobre este belo continente. Não a África da pobreza, conflitos, e  sim a África capaz do Futebol Made in África , ou o retrato das bases de um continente que vive, prospera e entusiasma-se no futebol!

Cada episódio oferece um ângulo original sobre uma história, uma fatia da vida cotidiana, onde o futebol está presente em todos os lugares. Desde a produção de gols nos arredores de Maputo para a atmosfera em bares, onde os jogos são veiculados em telas de TV minúsculos, a colheita de resíduos seringueira para fazer bolas ou as praias de Camarões, onde os pescadores usam as redes para jogar.

Os filmes são instantâneos engraçados e poéticos que refletem a imaginação única e energia do continente Africano. Football Made in Africa demonstra toda a criatividade e dinamismo dos povos obrigados a implantar uma quantidade razoável de inteligência e desenvoltura em uma base diária para ser capaz de entrar em sua paixão:. futebol Football Made in Africa é uma tela sobre a qual a sociedade Africana é pintada. Os episódios diferentes são as cores, aplicadas uma a uma, que produzem uma imagem diversificada da África de hoje.

Voltar para o topo