Alternativas práticas e baratas para seus produtos de limpeza e de higiene Reviewed by Vida sustentável on . Existem alternativas práticas, simples e baratas para substituir muitos dos produtos de limpeza e de higiene pessoal que usamos no nosso dia-a-dia. Conheça algu Existem alternativas práticas, simples e baratas para substituir muitos dos produtos de limpeza e de higiene pessoal que usamos no nosso dia-a-dia. Conheça algu Rating:
Você está aqui:Home » Sustentabilidade » Alternativas práticas e baratas para seus produtos de limpeza e de higiene

Alternativas práticas e baratas para seus produtos de limpeza e de higiene


Existem alternativas práticas, simples e baratas para substituir muitos dos produtos de limpeza e de higiene pessoal que usamos no nosso dia-a-dia. Conheça algumas “receitas” neste espaço.

É importante deixar aqui um conselho inicial que, se for seguido, poderá ser o elemento fundamental para o seu sucesso. Se está a pensar fazer a transição para produtos de limpeza ou de cuidado pessoal naturais, deve fazê-lo de forma lenta e tranquila. É importante não procurar substituir todos os produtos químicos de uma vez, pois nem sempre é fácil acertar à primeira. É importante ser paciente, mas persistente, de forma a conseguir atingir o objectivo de, gradualmente, ir transformando a sua casa num ambiente menos tóxico.

Os ingredientes básicos de uma limpeza mais natural
Se optarmos por fazer limpezas mais naturais podemos contar com diferentes ingredientes, sendo quase todos fáceis de adquirir em qualquer supermercado:

*
Sabão;
*
Bicarbonato de sódio: neutraliza os ácidos, funciona como desodorizante, combate a gordura, limpa alumínio, cromados, jóias, plástico, porcelana, prata e aço inoxidável; amacia os tecidos e remove certas nódoas;
*
Vinagre: permite dissolver depósitos de calcário e remover a gordura;
*
Sumo de limão: apropriado para limpar vidros, remover manchas do alumínio e da porcelana e também pode ser usado para retirar algumas nódoas; branqueia quando usado em conjugação com o sol;
*
Bórax: desodoriza, inibe o crescimento de bolores, aumenta o poder de limpeza do sabão ou dos detergentes e remove nódoas;
*
Sal;
*
Amónia (é importante ter cuidado com este produto pois os seus vapores podem ser perigosos, bem como contacto com a pele ou as mucosas; para além disso, é fundamental mantê-la afastada do alcance das crianças);

Estes ingredientes, conjugados com água sempre que necessário, e com uma boa esponja, permitem manter a casa impecável sem contribuir para a circulação de substâncias químicas perigosas e poupando várias dezenas ou mesmo centenas de euros a cada ano.

Em casa
Limpeza do forno

*
Limpe o forno com alguma regularidade e preferencialmente pouco tempo após a formação da sujidade, para evitar a acumulação e permitir uma lavagem mais simples e rápida;
*
Preparar e aplicar uma pasta de bicarbonato de soda e água e deixar de molho durante algumas horas (por exemplo durante a noite); é uma forma eficaz e não tóxica de limpar o seu forno.

Frigoríficos

* Utilize vinagre para limpar o interior do seu frigorífico e remover possíveis odores aí existentes.

Casa de banho

*
Para eliminar os odores desagradáveis da sua casa de banho coloque um recipiente com bicarbonato de sódio; este deverá ser colocado num local inacessível a crianças;
*
Pode ainda colocar um pedaço do mineral zeolite, cujas propriedades lhe permitem absorver odores;
*
A melhor solução é, ainda assim, garantir um bom arejamento e assegurar a limpeza regular, que pode facilmente ser conseguida com bicarbonato de sódio e uma escova;
*
Para limpar a sanita pode experimentar colocar uma chávena de vinagre e logo a seguir um pouco de bicarbonato de sódio; dar-se-á uma reacção que fará grande parte do trabalho de limpeza;
*
As restantes loiças podem ser lavadas com bicarbonato de sódio ou bórax e água; o vinagre poderá ser utilizado para os depósitos de calcário mais críticos.

Desentupidor

*
Para desentupir os canos poderá aproveitar a reacção entre o vinagre e o bicarbonato de sódio (forma-se dióxido de carbono). Coloque primeiro o bicarbonato de soda e logo de seguida o vinagre tapando os canos para que a reacção funcione como desentupidor. Quando a reacção acalmar pode deitar água a ferver, completando assim o processo.

Vidros

* Use uma mistura de vinagre branco e água em partes iguais.

Lava tudo

*
Para produzir um lava tudo em sua casa basta dissolver duas colheres de sopa de bórax e uma de detergente/sabão num litro de água; esta mistura pode ser armazenada num recipiente com pulverizador manual;
*
Se preferir usar bicarbonato de sódio em alternativa ao bórax, poderá fazê-lo aumentando um pouco a dose;
*
Pode também optar por misturar metade de uma chávena de amónia e um quarto de chávena de bicarbonato de sódio num balde de água morna. É uma solução interessante, não tóxica e que permite limpar uma grande variedade de superfícies, para além de não ter praticamente odor.

Desinfectante

*
¼ de uma chávena de bórax dissolvida em meio litro de água quente. Para o aromatizar pode usar óleo de eucalipto.

Detergente para a máquina da roupa

*
Ainda que não seja um substituto, se usarmos bicarbonato ou carbonato de sódio poderemos gastar apenas metade do detergente comum. Ou seja, colocamos metade da dose habitual de detergente e 1/4 de bicarbonato (para roupas mais sensíveis e que queremos mais macias) ou de carbonato ou bórax (em roupas mais sujas e resistentes).

Tira nódoas

*
Para nódoas de café, sumos de fruta, perfume, suor, doces, cremes solares, chá, vinho, cerveja e ketchup pode usar uma mistura de água e vinagre em partes iguais, à qual se juntam umas gotas de óleos essenciais de ervas aromáticas (se desejar um cheiro mais agradável). Pode colocar esta mistura num recipiente com vaporizador e aplicar sobre a roupa, deixando-a depois demolho em água fria. Poderá ser melhor esfregar um pouco caso a nódoa seja difícil ou pouco recente.
*
Para nódoas de sangue, o ideal será fazer a mesma mistura mas substituindo o vinagre por carbonato de sódio (o bicarbonato também pode ser usado, mas é menos eficaz).

No jardim
Evitar o uso de pesticidas

*
Podemos prevenir algumas pestes eliminando as condições para a sua existência como por exemplo, devemos resolver rapidamente os problemas de humidades, manter os balcões e mesas limpos e guardar a comida em recipientes fechados;
*
Aprenda a promover as populações das pestes que podem ser benéficas e promova o cultivo de plantas companheiras, que funcionam como barreiras naturais ao avanço de determinadas pestes.

[Fonte]

Voltar para o topo