Óleo automotivo deve ser reciclado – vídeo Reviewed by Vida sustentável on .   Trocar o óleo do carro é necessário e muito comum. O que não deveria ser comum é o mesmo óleo contaminar a água e o solo depois de ser descartado de form   Trocar o óleo do carro é necessário e muito comum. O que não deveria ser comum é o mesmo óleo contaminar a água e o solo depois de ser descartado de form Rating:
Você está aqui:Home » Reciclagem » Óleo automotivo deve ser reciclado – vídeo

Óleo automotivo deve ser reciclado – vídeo

 

Óleo automotivo deve ser reciclado

Trocar o óleo do carro é necessário e muito comum. O que não deveria ser comum é o mesmo óleo contaminar a água e o solo depois de ser descartado de forma inadequada.

Mas há uma forma de evitar a poluição. Os lubrificantes podem ser reaproveitados desde que saiam das oficinas diretamente para as refinarias.

Você sabia que o óleo do seu carro provavelmente já foi usado em outro carro? Reaproveitar o lubrificante do motor tem sido comum nas 14 refinarias especializadas do país. Só em uma, em Sete Lagoas, são dois milhões de litros por mês. Uma atividade comercial com enorme propósito ambiental.

A probabilidade considerada alarmante vem mobilizando o setor. Oficina imunda virou lembrança do passado. As modernas têm um ambiente mais limpo, sem aquela sujeira em todo o canto. Até as sucatas que antes eram simplesmente jogadas no lixo, poluindo o solo, hoje tem tratamento especial. Primeiro, ganham uma bela ducha.

E depois são remontadas. Limpas e com cara de novas, são revendidas para ferros-velhos. O que é arrecadado é repartido entre os funcionários. Nesta oficina, são R$ 30 por mês para cada um dos cinco empregados. Um dinheirinho extra pra lá de bem vindo.

Outras mudanças simples de hábitos vêm sendo estimuladas pelos representantes do setor.

E não é só uma contribuição para a natureza. É também uma maneira comprovadamente eficaz de reduzir os custos da empresa.

Colaborar com o meio ambiente é se preocupar com o futuro, com as gerações que estão vindo aí e que dependem de uma percepção simples: só vamos melhorar a sociedade, quando o problema de um realmente for de todos.

E essa ajuda ao meio ambiente é garantida por lei. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, pelo menos 30% do óleo lubrificante que chega às oficinas deve ser devolvido às refinarias para o reaproveitamento.

Para mais informações, acesse as portarias da Agência Nacional de Petróleo sobre o reaproveitamento de óleo lubrificante.

PORTARIA ANP Nº 125, DE 30.7.1999 – DOU 2.8.1999 – REPUBLICADA DOU 30.9.1999 E 28.4.2000

– Estabelece a regulamentação para a atividade de recolhimento, coleta e destinação final do óleo lubrificante usado ou contaminado.

PORTARIA ANP Nº 127, DE 30.7.1999 – DOU 2.8.1999 – REPUBLICADA DOU 30.9.1999 E 28.4.2000

– Estabelece a regulamentação para a atividade de coleta de óleo lubrificante usado ou contaminado a ser exercida por pessoa jurídica sediada no País, organizada de acordo com as leis brasileiras.

Fonte: Luiz Gustavo Belo Horizonte MGTV

Voltar para o topo