Como é feita a Classificação de Resíduos Sólidos Reviewed by Vida sustentável on . Primeiro devemos saber o que é um resíduo Sólido antes de classificá-lo, já que ao conhecer os tipos de resíduos  podemos fazer o  descarte adequado. Segundo a Primeiro devemos saber o que é um resíduo Sólido antes de classificá-lo, já que ao conhecer os tipos de resíduos  podemos fazer o  descarte adequado. Segundo a Rating: 0
Você está aqui:Home » Reciclagem » Como é feita a Classificação de Resíduos Sólidos

Como é feita a Classificação de Resíduos Sólidos

Primeiro devemos saber o que é um resíduo Sólido antes de classificá-lo, já que ao conhecer os tipos de resíduos  podemos fazer o  descarte adequado. Segundo a ABNT, os resíduos sólidos são qualquer material, substância ou objeto, resultante de atividades humanas, de área urbana, como o lixo residencial, industrial e hospitalar. Normalmente todos os resíduos podem ser divididos entre dois tipos, os recicláveis como o plásticos, vidros, papel, metal e não recicláveis, mas para saber quais materiais devem ser realmente reutilizados, é necessário separá-los conforme a origem, a composição química e a periculosidade que  cada um apresentam.

 

A classificação abaixo é segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

Classificação de Resíduos Sólidos quanto às características físicas

Resíduos secos

São aqueles que não possuem líquidos em sua composição.

Exemplo: papéis, plásticos, metais, tecidos, vidros,borracha, madeiras, etc

 

Resíduos molhados

São aqueles  que  possuem líquidos em sua composição.

Exemplo:  restos de alimentos, cascas, sementes, bagaços de frutas, verduras, ovos, alimentos deteriorados, etc

 

 

Classificação de Resíduos Sólidos por origem

Resíduo Domiciliar

São aqueles gerados em residências e podem ser compostos de qualquer material de uso domestico.

Resíduo Hospitalar

São aqueles gerados em hospitais, clinicas dentarias, laboratórios, farmácias e veterinárias. normalmente é constituído de seringas, agulhas, sangue, medicamento, curativos, etc.

Resíduo Comercial

São aqueles gerados pelo comércio, em sua maioria são caixas de papelão e plásticos de embalagens.

Resíduo Agrícola

São aqueles gerados pela agricultura,  podendo ser embalagens de pesticidas,  defensivos agrícolas, também podem conter  medicamentos e vacinas de uso veterinários, restos orgânicos de vegetais, ração e estrume.

Resíduo Industrial

São aqueles gerados pela indústria, podendo ser  qualquer material,  recicláveis ou não.

Resíduo da construção civil ou Entulho

São aqueles gerados  pela construção civil, durante uma construção ou reforma. São restos de materiais usados em construção, como cimento, madeiras, tijolos, rebocos, metais e solos de escavação e terraplanagem.

Resíduo Público ou Resíduo de Varrição

São aqueles  materiais recolhidos nas vias públicas, bocas de lobo, galerias,  feiras livres,praças  e outros locais públicos.

Resíduos Urbanos

São os resíduos domiciliar,  publico, comercial e entulhos. Podem ser classificados como os materiais recolhidos pelos órgãos públicos.

Resíduos sólidos de Portos, Aeroportos,  Rodoviárias e Ferroviárias

São aqueles  materiais recolhidos nas em pontos de embarques e podem conter todo o tipo de lixo e detritos de outros países, por isso são analisados e coletados após uma reclassificação.

Resíduo de Mineração

São aqueles  materiais que pode ser constituído de solo, metais pesados, pedras, etc.

 

Classificação de Resíduos Sólidos por composição química

 

Resíduo Orgânico

São aqueles  materiais  que se decompõem naturalmente e já foram parte de algum organismo vivo, como vegetais, alimentos, esterco, madeira e restos de animais.

Resíduo Inorgânico

São aqueles  materiais  inorgânicos como os plásticos, vidros, borrachas e outros materiais produzidos pelo homem.

Resíduos Poluentes Orgânicos Persistentes (POP)

São aqueles  compostos altamente resistentes à degradação química, fotolítica e biológica, como os pesticidas e os agrotóxicos.

Resíduos Poluentes Orgânicos Não Persistentes

São aqueles  elementos químicos como os detergentes, os óleos, solventes de baixo peso molecular e alguns pesticidas biodegradáveis.

 

Classificação de Resíduos pela periculosidade

Resíduos Perigosos (Classe I)

São aqueles que apresentam riscos para o homem ou meio ambiente, que sejam inflamáveis, corrosivos, tóxicos ou contaminados por doenças.

Resíduos Não Perigosos (Classe II)

São aqueles que não apresentam risco à vida. São subdivididos em Classe II A – não inertes; e Classe II B – inertes.

Voltar para o topo