Cidade dos Estados Unidos proibe garrafas de água de plástico Reviewed by Vida sustentável on .   Jean Hill, uma ativista de 82 anos de idade, liderou um movimento para banir as garrafas de água de plástico que enchem os aterros e poluem os rios em su   Jean Hill, uma ativista de 82 anos de idade, liderou um movimento para banir as garrafas de água de plástico que enchem os aterros e poluem os rios em su Rating:
Você está aqui:Home » Meio Ambiente » Cidade dos Estados Unidos proibe garrafas de água de plástico

Cidade dos Estados Unidos proibe garrafas de água de plástico

Cidade dos EUA proibe garrafas de água de plástico

 

Jean Hill, uma ativista de 82 anos de idade, liderou um movimento para banir as garrafas de água de plástico que enchem os aterros e poluem os rios em sua cidade. A luta levou alguns anos, mas a proibição entrou em vigor no dia 01 de janeiro de 2013. A cidade de Concord, em Massachusetts está entre as primeiras comunidades dos Estados Unidos a proibir as garrafas de água de plástico.

 

“Todas essas garrafas descartadas são prejudiciais para nosso planeta, fazendo com que esses pedaços de lixo acabem nos oceanos ferindo os peixes, e estamos criando mais poluição em nossas ruas”, disse Hil.

As garrafas de água podem parecer inofensivas, mas de acordo com a Ban the Bottle:

“É preciso 17 milhões de barris de petróleo por ano para fazer todas as garrafas de água de plástico usadas apenas nos EUA. Isso é óleo suficiente para abastecer 1,3 milhões de carros por ano.” Seu site também afirma: “Em 2007, os americanos consumiram mais de 50 bilhões de garrafas individuais de água com uma taxa de reciclagem de apenas 23%, isso quer dizer que mais de 38 bilhões de garrafas acabam em aterros sanitários.”.

Um pequeno passo para a vida, mas um grande salto para a Natureza!

 

[Fonte]

Voltar para o topo