Veículos movido a água uma tecnologia que veio para ficar Reviewed by Vida sustentável on .   O gerador a hidrogénio é um aparelho utilizado para incorporar gases inflamáveis que são decompostos da água e usados como combustível para automóveis. O   O gerador a hidrogénio é um aparelho utilizado para incorporar gases inflamáveis que são decompostos da água e usados como combustível para automóveis. O Rating:
Você está aqui:Home » Energia alternativa » Veículos movido a água uma tecnologia que veio para ficar

Veículos movido a água uma tecnologia que veio para ficar

Veículos movido a água uma tecnologia que veio para ficar

 

O gerador a hidrogénio é um aparelho utilizado para incorporar gases inflamáveis que são decompostos da água e usados como combustível para automóveis. Oxihidrogénio é o gás que é fabricado pelo aparelho. Este gás é considerado altamente explosivo. Ao contrário do hidrogénio, que é mais estável e pode ser armazenado com segurança, o oxihidrogénio é altamente inflamável e nunca deve ser armazenado porque incendeia com muita facilidade.

 

 

È por isso muito importante construir este aparelho longe de locais com grande densidade de população e de casas. É igualmente importante que se usem ferramentas de protecção e que se tenha fácil acesso a retardadores de fogo e a extintores.

O Processo de Construção:

  1. O gerador HHO deve ser construído com um tubo de PVC transparente que tenha 1,5 polegadas de diâmetro.
  2. O tubo transparente deve ser coberto no topo e na base com adaptadores de fio cilíndrico e atarraxados com cápsulas de PVC com a medida de 1,25 polegadas de diâmetro.
  3. A cápsula da base deverá ter dois parafusos de aço inoxidável seguros por porcas.
  4. No topo, a cápsula deve ter um gancho que permita a inserção de tubo de borracha cirúrgica.
  5. O gás, em teoria, deverá correr para um segundo contentor que estará cheio com água e terá o topo aberto. O contentor poderá ser um frasco de vidro de dois litros.
  6. Uma peça de tubo feita de cobre será ligada ao tubo cirúrgico do primeiro contentor.
  7. O final do tubo será inclinado num ângulo que encaixe no segundo vaso, mergulhando-o abaixo do nível da água para prevenir que incendeie no período experimental.
  8. O gerador HHO deve ser cheio até meio com uma mistura de hidróxido de potássio e quantidade igual de água.
  9. O hidróxido de potássio funciona como electrólito, permitindo que a corrente eléctrica possa passar continuamente pela água.
  10. Na parte inferior do aparelho prenda dois fios de cobre isolados de 6 polegadas a cada um dos parafusos. De seguida ligue os fios a um carregador de bateria de 12 volts DC do seu automóvel ou a um painel solar com 40 watts ou mais de capacidade.

 

Como Funciona o Processo:

  • Quando a fonte de energia está ligada a mistura no gerador HHO começa a fazer bolhas. É a indicação de que as moléculas de água se estão a decompor nos gases hidrogénio e oxigénio.
  • A mistura continuará a fazer bolhas criando assim mais gases. Esses gases deverão subir ao gancho e descer até ao cobre ajustado no segundo contentor.
  • Quando o segundo contentor começa a fazer bolhas é a indicação de que os gases chegaram ao vaso. Os gases elevar-se-ão do segundo contentor como vapor.
  • É importante que se mantenha o segundo contentor afastado de qualquer faísca ou chama, pois os gases são altamente inflamáveis.
  • O segundo contentor deve ser instalado com uma cobertura bem apertada. Na cobertura deve ser aberto um outro buraco para que caiba outro tubo de cobre.
  • O gerador de hidrogénio e o outro contentor devem ser colocados no compartimento do motor do seu carro de modo fixo e estável.
  • As fixações que seguram ambos os contentores deverão ser capazes de os aguentar sob as condições de viagem.
  • Os fios do primeiro contentor devem ser ligados aos terminais da bateria do carro.
  • O tubo de cobre do gerador HHO deve ser cuidadosamente inserido no carburador do motor.
  • Ponha o motor a trabalhar, pressionando devagar o acelerador.
  • Se começarem a surgir bolhas no aparelho de hidrogénio, é porque foi feita uma correcta ligação e você tem então um automóvel movido a água.
  • Também é muito importante verificar se há fugas em ambos os contentores para que não haja derramamentos no compartimento do motor.

Em seguida segue um video que ilustra o processo

Fonte: http://www.vendageradores.com

Voltar para o topo