Sanyo lança recarregador solar para gadgets Reviewed by Vida sustentável on .   A japonesa Sanyo mostrou nesta quarta sua nova linha de acessórios para carregar equipamentos eletrônicos com energia solar ou que usam baterias recarreg   A japonesa Sanyo mostrou nesta quarta sua nova linha de acessórios para carregar equipamentos eletrônicos com energia solar ou que usam baterias recarreg Rating:
Você está aqui:Home » Energia alternativa » Sanyo lança recarregador solar para gadgets

Sanyo lança recarregador solar para gadgets

Sanyo lança recarregador solar para gadgets

 

A japonesa Sanyo mostrou nesta quarta sua nova linha de acessórios para carregar equipamentos eletrônicos com energia solar ou que usam baterias recarregáveis para funcionar.

O Eneloop Portable Solar é feito com painéis solares similares àqueles usados em telhados. Será lançado em duas versões, com uma ou duas placas de captação de luz. O Portable Solar vem com um receptor de energia para transferir a outros aparelhos e efetuar a recarga da bateria pela porta USB. Funciona em celulares, MP3 players e outros dispositivos portáteis.

Segundo a Sanyo, uma hora de energia solar no modelo com dois painéis gera até 40 minutos de conversação no celular. O modelo com um painel apenas gera 20 minutos para cada 1 hora ao sol. O Portable Solar tem uma pequena bolsa com tela para levar objetos e recarregá-los em qualquer lugar.

Gola que aquece
O mais estranho dos acessórios da linha Eneloop ¿ ao menos para quem vive em um país tropical ¿ é o Eneloop Neck Warmer, uma gola para uso durante esportes e atividades ao ar livre que mantém o pescoço do usuário aquecido graças a uma bateria recarregável (as partes elétricas podem ser removidas para lavar a gola).

Um cobertor (Eneloop Soft Warmer) completa a linha, funcionando do mesmo jeito. Os aquecedores são movidos por dois tipos de recarregadores portáteis (Eneloop Kairo), em formato de barra ou oval, que são recarregados na tomada.

Os produtos da linha Eneloop serão lançados no mercado japonês a partir de setembro. A fabricante não informou o preço dos acessórios nem sua chegada a outros países.

Zumo Notícias

Voltar para o topo